25 anos do Teatro “Manoel Lyra” tem apresentação on-line do Musical “200 anos"
25/06/2020 09:43 em Notícias

Uma comemoração à altura das bodas de prata do Teatro Municipal “Manoel Lyra”. A essência do passado e avanços de Santa Bárbara d’Oeste serão enaltecidos em exibição on-line do Musical “Santa Bárbara 200 anos” para celebrar os 25 anos de um dos maiores patrimônios histórico-culturais da cidade. Com duração de 1h40, a transmissão está marcada para esta sexta-feira (26), às 19h30, no Facebook (fb.com/culturasbo) da Secretaria de Cultura e Turismo.

Inaugurado em 26 de junho de 1995, o Teatro foi um espaço criado para resgatar a emoção, o interesse e o desenvolvimento cultural de Santa Bárbara d’Oeste e hoje é um ícone da cultura e um patrimônio da história barbarense, de acordo com o prefeito Denis Andia. “Ao longo desses 25 anos foi palco maior de artistas da terra e de convidados ilustres, que através da arte encantaram os barbarenses. Em particular, marcante em minha vida, pelas duas cerimônias de posse em que tive a honra de iniciar nossos dois mandatos”, ressaltou Denis.

Apenas em 2019, mais de 45 mil pessoas prestigiaram as atividades realizadas no espaço. Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix, o Teatro é o berço de inúmeros artistas regionais. Ainda de acordo com ele, a sala de espetáculos é símbolo de diversas manifestações artísticas, movimentando a cultura, promovendo o entretenimento, disseminando o conhecimento e gerando renda.

“O Musical Santa Bárbara 200 anos foi um marco na história do Teatro e uma construção colaborativa de direção cênica, musical e atores para que juntos pudéssemos contar a história da cidade no Bicentenário”, comentou Evandro. “O Teatro e o próprio Manoel Lyra têm uma passagem dentro do Musical, então nada mais justo que contar essa história tão rica através de imagem e som”, complementou o secretário.

Quem foi Manoel Lyra?

O Teatro Municipal recebe o nome de um pioneiro das artes da cena no interior paulista: Manoel Lyra, artista barbarense que dedicou sua vida à arte dramática de forma apaixonada e incansável e foi um dos grandes batalhadores pelo teatro amador da cidade nas décadas de 50 e 60, quando existiam os grêmios dramáticos.

Nenê Lyra, como era chamado pelos amigos, foi operador da máquina de projeção do antigo Cine Santa Bárbara e depois do Cine Santa Rosa. Fundou os Grêmios Dramáticos "Os Filhos do Progresso", “União Operária” e “Santa Bárbara” – esse último junto sua esposa Benedicta Amaral. Destacado como símbolo da arte teatral da cidade, Manoel Lyra morreu em 18 de janeiro de 1973.

Musical “Santa Bárbara 200 anos”
Apresentado em dezembro de 2018 no Teatro Municipal, o musical reúne diversos registros históricos e momentos da saudosa Santa Bárbara d'Oeste do século XX em uma entrevista do munícipe e protagonista de 80 anos, ‘Seo’ Valdir Nascimento, feita pelo locutor Luizinho Vasconcelos, contando como plano de fundo a chegada da fundadora da cidade, Dona Margarida das Graças Martins, e esquetes sobre o Cine Santa Rosa, Fonte Luminosa, a vinda dos imigrantes e migrantes, cultivo da cana-de-açúcar e suas Usinas, União Barbarense (Leão da 13), setor têxtil e automobilístico, simbolizado pelo nascimento do Romi-Isetta, inauguração do Teatro Municipal “Manoel Lyra”, entre outras memórias que marcam os dois séculos de história do Município.

O elenco é formado pelos músicos Danny Asa, Eberson Ferraz, Giovanni Bonfim, Isaías Muniz, Paulo Bortolozzo, Rodrigo Mouraes e Valéria Sartori; atores voluntários Almir Pugina, Arthur Paião, Arthur Costa, Bianca de Paula, Bruna Oliveira, Daniel Romano, Denis Espanhol, Lays Ramires, Marcela Isler, Maria José Gomes, Marta Padoveze, Ray de Souza, Waldineia Baseio, Vinicius Pestana e Vitor Pascon e dramaturgia de Denis Espanhol, direção musical de Giovanni Bonfim e direção geral e concepção de Otávio Delaneza.

 

Responsável: (Imprensa)

COMENTÁRIOS